5 medidas INFÁLIVEIS para o ganho de massa muscular!

Por Dr. Luciano de Castro

Não, eu não quero ser sensacionalista. Mas se eu tiver que preparar uma lista de ações INFALÍVEIS (ou seja, cientificamente comprovadas) para o ganho de massa, eu colocaria apenas cinco ítens, a saber:

Treine direito: Tenha certeza que o seu tempo na academia é pra treinar. Frequência, intensidade e exercícios executados da maneira correta. Lá não é lugar de passeio, de encontrar amigos e nem de por o papo em dia. Isso, só se sobrar tempo depois do treino concluído. Dica de ouro: Ponha o celular no modo avião e use somente para ouvir música e marcar o tempo certo de descanso entre as séries.

Descanse direito: O corpo não fabrica o músculo que você tanto quer enquanto você está na academia fazendo força ou correndo na esteira. Ali é o estímulo que destrói. Em casa no repouso pós exercício e no sono é que ele vai reparar os machucados que você causou na academia. Dica de ouro: o sono noturno, rotineiro, contínuo, de cessar espontâneo, é infinitamente superior.

Coma com qualidade, na quantidade e nos horários corretos: Uma dieta individualizada, prescrita especialmente pra você, montada por um profissional capacitado, respeitando suas possibilidades, muda completamente os seus resultados. Dica de ouro: Fuja de esquemas padronizados e fuja de dietas com alimentos e horários “impossíveis”.

Tire o álcool da sua vida: Quanto mais você conseguir ficar sem o álcool, melhores serão os seus resultados. Em outra oportunidade escrevo só sobre isso.

Uma dose de proteína de rápida absorção e alto valor biológico no pós treino imediato: Essa é a medida isolada, em termos de suplementação esportiva, de resultados mais garantidos para a melhora do seu desempenho, com um grande número de estudos comprovando a afirmação. Whey protein é caro, porque a tecnologia empregada na sua fabricação garante uma proteína de boa qualidade e rapidamente absorvível, fatores importantíssimos no pós treino imediato. Não existiria uma indústria que movimenta milhões de dólares e envolve atletas de ponta e ciência, se não fizesse diferença. Portanto não se avalia o benefício ou não de um whey só pela quantidade de gramas de proteína que ele fornece, muito menos ele pode ser substituído no momento do pós treino por um bife ou por leite em pó, por exemplo. De tudo que você pode gastar com suplementos, aqui está o seu dinheiro mais bem empregado. Dica de ouro: a quantidade a ser utilizada depende de fatores individuais, e precisa ser ajustada caso a caso.

Dr. Luciano de Castro é médico nutrólogo pós graduado em Medicina do Esporte – CREMESP 150.696 / CRMMG 33.001. 

massa muscular 1

Fotos: Dan Hyman por Ashton Do / Reproduções

Deixe uma Respostas

Seu endereço de email não será publicado.