Quem ama futebol, está na Rússia acompanhando a Copa do Mundo, mas também gosta de arte, tem mais uma opção de lazer em Moscou. O fotógrafo Raul Aragão está na Rússia e apresenta a exposição chamada “O Arquipélago Azul” (The Blue Archipelago Exhibit), que mostra imagens fantásticas e únicas de Fernando de Noronha, em Pernambuco. Além de mostrar as belezas naturais da região, Raul também fotografou famosos em praias de Noronha como Neymar e Bruna Marquezine, Isis Valverde, Isabella Santoni e Izabel Goulart.

A mostra ficará aberta de hoje, dia 4 de julho, até dia 15 de julho, dia da final da competição, no Powerhouse Moscow – Casa Brasil – em Goncharnaya Ulitsa, 7/4, Moskva. No próximo sábado, dia 7 de julho, às 14h, haverá um coquetel de lançamento da exposição

As fotos retratadas por Raul são únicas e trazem seu olhar pessoal sobre Fernando de Noronha em cada imagem. O fotógrafo reproduz a região com uma riqueza de detalhes que só quem conhece o local profundamente, como um amigo de infância, poderia fazer. As fotos mostram o lado selvagem de Noronha e ressalta o fato de a ilha ainda não ter sido dominada pelos homens.

“Busquei registrar tanto os pescadores locais como celebridades mundiais nessa região que eu considero ser especial e mística e que guarda belezas únicas e emocionantes. Busquei reproduzir isso nas imagens”, afirma Raul Aragão.

A mostra tem o apoio da Canon do Brasil, que imprimiu as imagens em uma impressora imagePROGRAF PRO-4000, garantindo a máxima qualidade de impressão, e da Canson que cedeu o papel Canson-Infinity Rag Photographique 310g/m2 100% algodão.

 

“Agradeço todos os parceiros que tornaram essa exposição possível. Tenho certeza que ela está linda desse jeito graças a cada um que colaborou com o coração e acreditou em meu trabalho”, explica o fotógrafo. “O Arquipélago Azul” deve ser realizada no Brasil, no futuro.

Mais sobre Raul Aragão

Raul Aragão é natural de Recife e fotógrafo profissional há mais de 10 anos. Ele viaja pelo mundo registrando tanto grandes festivais internacionais de música como campos de refugiados no Oriente Médio. Aragão é um fenômeno nas redes sociais, para se ter uma ideia, no Instagram ele possui cerca de 400 mil seguidores. Ele também produz imagens para grandes veículos de comunicação, retratando a realidade de pessoas que vivem em condições de pobreza extrema.

Foto: Reprodução