Depois de promover 3 festas durante o Carnaval em Lisboa, com duas edições da ‘Ressaca do Carnaval’ e a estreia do selo MSX, que levou toda a energia de nomes conhecidos da cena LGBTQ+ do Brasil como Las Bibas From Vizcaya, Rick Braile, Claudio Jr, Armando Saulo, Diego Baez, Juliando Dan, entre outros para as pistas lusitana, o empresário Massay Guerreiro promoverá uma dobradinha de festas no próximo final de semana que pelo jeito dará o que falar.

Após debutar com o selo MSX, que tem a proposta de oferecer música de qualidade num sunset, desta vez, Massay quebrará mais uma vez fronteiras e além de produzir uma das festas em Lisboa, no dia 20, levará o selo para Dublin, em uma parceria inédita com a Smile Dublin, selo europeu conhecido por agitar as noites frias de domingo da capital irlandesa.

Em Portugal, no dia 20, a festa acontece no Lisboa Rio, a partir das 16h, e terá um lineup formado apenas por DJs que residem na cidade, incluindo Bruno Pacheco, Bruno DeLeon e House Of Labs. Outro destaque do evento é a estreia de Marcelo Forin, sócio e marido de Massay Guerreiro como DJ.

Já em Dublin, o agito acontece no dia 21, na conhecida Tramline, sob a temática de Páscoa, a partir das 23h. O lineup receberá uma dupla de brasileiros: Armando Saullo, responsável pelo tradicional e conhecido bloco de carnaval, Agrada Gregos, e Moa Monteiro. Os ingressos já estão disponíveis para compra antecipada.

Quebrando Fronteiras

Depois de conquistar a fama de ter um dos hostspot mais agitados da capital paulista em 2016, com o Boteco do Massay – eleito por veículos de comunicação melhor bar LGBTQI+ de São Paulo, os diretores da marca, Massay Guerreiro e Marcelo Forin, se mudaram para Lisboa na metade de 2018 e de lá pra cá trabalharam no backstage para levar festas brasileiras para a cidade. Iniciaram as apresentações do Boteco em janeiro deste ano, com show sertanejo que lotou a Construction, uma das principais casas da cidade.

Após ter a ideia de montar o Boteco em Lisboa, Massay, após três meses na cidade, começou a produzir eventos e teve a ideia de criar o selo MSX, um produto dentro da empresa “Boteco do Massay”, que teve uma identidade construída totalmente para representar a cena eletrônica e dividir em duas partes: o Boteco com a proposta de promover música pop e a MSX com a proposta de trazer festas focadas em música eletrônica.

“A primeira ideia foi iniciar em um mercado ainda não explorado para conquistar meu espaço e fazer algo de diferente. Assim descobri que não havia em Lisboa um histórico de sunset, em um espaço open air, com um som que seria de agrado de todos. Eis que no dia 10 de março, logo após a Ressaca de Carnaval, promovemos a primeira edição da MSX Sunset, que veio para antecipar o verão europeu e e fazer com que todos sentissem o meu trabalho”, afirma Massay.

Segundo ele, a ideia foi justamente antecipar os dias mais quentes da Europa, pois quando o verão chegar, o selo já seja uma referência para os domingos em Lisboa. “Fizemos 3 edição planejadas quinzenalmente, na qual, a última foi no último dia sete, ao meu ver como a minha consagração na cena eletrônica tanto em Lisboa quanto nos países próximos”, complementa.

O empresário já adianta algumas boas novas: a festa MSX seguirá com o conceito de festa itinerante e será levada para outros países. Outro burburinho em torno das festas do brasileiro é que no próximo dia 6 de maio, a label será realizada em um novo lugar que será palco ainda celebração do seu aniversário. Massay ainda afirma que também tem datas marcadas de maio até agosto, ou seja, aguardem muitas outras novidades.

Foto: Vini Reis