O mundo da moda está de luto. Morreu nesta terça-feira, aos 85 anos, o estilista Karl Lagerfeld, em Paris, depois de algumas semanas doente – que o fizeram não participar, inclusive, do último desfile de alta-costura da Chanel, em janeiro. A causa exata da morte ainda não foi revelada.

Diretor criativo da Chanel, uma das maison de alta-costura mais conhecidas no mundo, o alemão nascido em Hamburgo foi um dos maiores nomes da moda no século XX, em uma incansável carreira que, ao longo de seis décadas, acompanhou as mudanças tecnológicas e de comportamento da mulher ocidental. Um verdadeiro workaholic, Lagerfeld conciliava o cargo na Chanel com o comando da marca italiana Fendi e da sua grife homônima.

O alemão foi chamado para dirigir a Chanel em 1983, com isso, começou a incorporar elementos clássicos da fundadora, Coco Chanel, até hoje, como o tweed e as correntes até hoje. O logo CC também foi uma de suas marcas e ajudou a Chanel a crescer ainda mais como marca de luxo desejada pelos cinco continentes.

Karl Lagerfeld em desfile de setembro de 2014 Foto: Gonzalo Fuentes / REUTERS
Karl Lagerfeld em desfile de setembro de 2014 Foto: Gonzalo Fuentes / REUTERS

Lagerfeld conseguiu fincar seu estilo não só na alta moda, como também em âmbitos mais populares, tanto que criou, em 2004, uma coleção com a rede de fast fashion H&M.

Fotos: Reprodução