Uma pesquisa feita pelo aplicativo Chappy em parceria com Survation com 518 homens no Reino Unido, revela que 47% dos LGBTs vivenciam a homofobia durante as festas de fim de ano.

Segundo o estudo, 30% dos homossexuais afirmaram que já sofreram homofobia nos domicílios de familiares próximos, enquanto os outros 17% de algum membro da família, não necessariamente mais próximo.

“Nós entendemos que o período do Natal pode ser um momento de ansiedade para muitos membros da comunidade, especialmente quando se trata de membros que exercem alguma superioridade sobre eles”, diz o co-fundador da Chappy, Ollie Locke.

O psicoterapeuta Lee Valls ainda acrescentou: “É cada vez mais comum que os gays se sintam isolados e sozinhos durante todo o ano. Mas isso fica mais evidente durante a época festiva, quando os apoios sociais que eles recebem ficam menos operantes.

“Passar longos períodos de tempo com os membros da família muitas vezes pode causar ansiedade, provocando lembranças difíceis e comentários insensíveis feitos por membros da família – é preocupante, mas não é surpresa que 47% dos homossexuais tenham sofrido homofobia com os membros da família”, completa Valls.

Foto: Reprodução