Erica Malunguinho, do PSOL, a primeira deputada trans eleita em São Paulo, falou sobre as prioridades e anseios de seu mandato que começa em 2019.

Em entrevista ao JCNet, aos 37 anos, a pernambucana Erica, formada em Artes Plásticas, além de ser mestra em estética e história da arte pela USP, afirma que vai defender os direitos das minorias sociais na Assembleia Legislativa de São Paulo. “Eu vou priorizar aquilo que me constrói enquanto cidadã, combater o racismo estrutural e o preconceito de gênero. Fazer políticas para as mulheres, LGBT, negros, indígenas. Entender os problemas estruturais do País e do Estado é o centro da discussão”, revelou.

Ainda na conversa, a nova parlamentar falou sobre participação popular e segregação. “Precisamos de um projeto político e pedagógico, de modo que as pessoas estejam mais perto da política. A discussão deve estar no cotidiano, em todos os lugares se faz política“, afirmou.

“Pretendemos fortalecer e trazer o debate político, com mecanismos de participação da população, de maneira que as pessoas possam dizer, a partir da realidade, suas demandas. Quem está no cargo público deve escutar e pensar como podem agir para os avanços na sociedade”, disse Erica.

Foto: Reprodução