Nos últimos anos, a indústria de moda masculina passou por uma releitura radical – e enquanto suas semanas de moda já foram considerados cheias de mesmices e sem novidades, focando sempre em exibir uma ‘’velha e clássica’’ alfaiataria tradicional, o seu impacto agora parece mais profundo do que nunca. Com a globalização, a liberdade e o consumo desenfreado de moda por homens os horizontes se ampliam.

Nesta temporada, essa transição foi ainda visível, houve uma nova atenção e delicadeza na maneira como a masculinidade foi explorada e apresentada. Longe de se valer da feminilidade, as grifes  simplesmente conceberam uma moda com liberdade de expressão e livre de estereótipos arcaicos para o homem em 2019 (ou, pelo menos, para a primavera / verão de 2020). Exemplo disso foi a unanime aparição de tons mais rosados e pasteis para os homens, cores que um dia já foram consideradas como referência para feminilidade e, sabiamente, aparecem cada vez mais guarda roupa masculino.

 

 

View this post on Instagram

 

Silk pendulum #HermesHomme

A post shared by Hermès (@hermes) on

*Texto original L’OFFICIEL

Fotos: Reproduções